as redacções da ritinha – 4

aquilo da última redacção ia dando para o torto e espero que a setôra mais a directora nunca mais nos metam noutra mas a verdade é que fiquei sem saber o que era o tal acordo ortográfico por isso tive que perguntar ao meu pai e portanto esperei que ele chegasse da tasca em bom estado isso julgava eu mas não devia ser bem assim porque quando lhe perguntei o mais delicadamente que fui capaz ó pai se souberes diz-me lá o que é o acordo ortográfico ele deu três grunhidos e quatro arrotos e respondeu-me aos berros que a pergunta lhe tinha caído na fraqueza e que até já me tinha respondido há uns tempos atrás mas eu não percebi muito bem disse-lhe eu desculpe lá porque só me lembro de teres falado nuns tinteiros do relvas e isso é política e eu não percebo nada de política olha então disse-me o meu pai depois de jantar já te explico melhor e depois de jantar e até despejou uma garrafa de tinto ainda se lembrou e então disse-me olha lá vocês na escola dão muitos erros na escrita não dão então é por isso que se cada um escrever como lhe dá na real gana já não há mais erros porque vale tudo e cada um escreve como diz isto é se tu disseres o ministro é bué da fixe está sempre certo mesmo que ele não preste para nada ou se ele disser que a crise já passou está certo mesmo que seja uma refinada mentira já percebeste assim com estes exemplos portanto com a nova ortografia a nossa vida vai mudar para melhor porque tudo vai passar a estar de acordo com o que escrevemos então disse-lhe eu se a gente escrever saiu-me o euromilhões sai mesmo não minha burra gritou-me ele o acordo ortográfico só vale para os que falam e escrevem em português e os donos do euromilhões são estrangeiros então não são são respondi-lhe eu pelo menos já aprendi alguma coisa sobre o acordo ortográfico quando for a badajoz naquela excursão do costume nas férias comprar caramelos tenho de falar em português antigo senão os espanhóis não me entendem mas já posso falar pelo novo acordo com os colegas do meu pai que são de cabo verde e da guiné e de angola é bom a gente aprender coisas novas e ter um pai que é mesmo culto e gosta de ensinar o que sabe 

1 thought on “as redacções da ritinha – 4

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s