A Rua Direita – 8

Já percorremos metade da Rua Direita, e chegámos ao Largo dos Correios. Aqui, nesta Ronda do Dia, estamos perto do consultório médico do autor e, portanto, “jogamos em casa”…

Estou no largo do Correio
Deixo de lado o Sogalho
Agora “sim” que é trabalho!
Agora é que empunho a faca
E abro de meio a meio
E de alto abaixo “O Casaca”
Com que então: “Vamos a isto”
“Grita você no jornal
“Berra você no farol!
“Com que então: “Vamos a isto”
“Dê lá você o sinal
“Comece você o rol:
“Mande arranjar; afinal,
“Aquele lindo urinol!
“Tem sempre a casa repleta
“De gente boa e selecta!
“Barulho de ensurdecer!

Nove mesas de Chofer
Mas é tudo rapaziada
Diligente e delicada
Sempre prontos a a’tender
P’ra tudo o que se quiser!
Vejo no meio da sala
Aquilo lindo rapaz!
O traje que sempre traz
Parece um traje de gala:
“La dame aux camelies”
Há banqueiros e doutores
Há dois que são duas flores!
E vejam lá: entre tantos.
Só aqueles dois são Santos!
Há artistas e há pintores
E há até o Rosiel
Que é fotógrafo a pastel!
E quem tiver muita pressa
Recomendo-lhe que peça
Um cafezinho ao Cassola
Vem quentinho, até consola!
Não me posso demorar
– Senão só acabo em Maio – !
E chego à loja do paio!
Que chouriço tão bonito
Que vende o amigo Brito
Tudo feito com tal esmero
Que nem se sente nos dentes
P’ra doentes sem tempero!

Mas que é isto que vejo?
Que diabo este manejo
Aqui à porta do Brito?!…
Vejo o caixeiro aflito
Com um recibo na mão
E o Sancho a dizer que não,
E falam os dois de apito:
……………………………
……………………………
Mas que grande confusão!
Perceberam? Eu cá não!

Na segura companhia de Carlos Bentes de Oliveira, continuamos a digressão pelos rostos e recantos dum passado saudoso.

Já em pleno Largo dos Correios, então cheio de movimento, encontramos a barbearia de Manuel Alexandre Ribeiro Sogalho.

A referência seguinte, ao Casaca, é relativa ao Café Central, propriedade de João Diogo Casaca, que também era director do semanário A Rabeca, de fortes tradições republicanas, oposicionista ao regime do Estado Novo, então em vigor.

As mesas de Chofer são uma alusão aos taxistas (carros de praça) ali radicados, pessoas sempre disponíveis e extremamente populares, de apelidos ou anexins que ficaram na cidade: Bretanha, Durão (João Pequenino), Correia (Ben Barek), Caroça

La Dame aux Camelies era Joaquim Roma Alves de Sousa, bancário, cavalheiro de apresentação e trato primorosos, sempre com uma flor na lapela…

As notas de que nos servimos como base apenas sugerem a identificação de um dos dois Santos, o Dr. Adelino, Secretário do Governo Civil. Atrevo-me a sugerir que o outro fosse, eventualmente, Abel Santos (1888-1963), que chegou a frequentar o Café Central, nesses tempos aí então dominados pela célebre tertúlia de José Régio/Feliciano Falcão.

O fotógrafo Rosiel, Luís de Assunção, fixado em Portalegre em 1934, era um verdadeiro artista no seu trabalho. Aliás, era também um talentoso pintor e foi pai do malogrado D’Assumpção, que aqui viveu alguns anos, antes de atingir a fama no mundo das artes plásticas. O seu estúdio esteve instalado na esquina da Rua 5 de Outubro, frente ao Largo 28 de Janeiro.

O senhor Cassola terá sido um dos empregados do Café Central, mas a verdade é que o paradigma destes diligentes funcionários foi Carlos Matias Duarte, que já ali trabalhava nessa data.

A salsicharia de José João de Brito (carinhosamente conhecido como aperta-paios) era justamente afamada e possuía fabricação própria. Situava-se entre o Largo e a Porta da Devesa, a seguir à sapataria e loja de consertos de calçado de Francisco Sanches.

O referido Sancho deverá ser António Sancho Clemente, com loja de representações (e stand de automóveis Austin) frente à salsicharia. No entanto, poderá haver aqui alguma confusão de nomes, pois acontece que Francisco Sanches (sapateiro) era um reconhecido artista no assobio (apito?), chegando a exibir esses dotes em espectáculos públicos.

Carlos Bentes de Oliveira, nas suas notas, revela-se incapaz de descodificar estes versos. Eu acompanho-o nessa dificuldade…

 Estamos na fase final da descida da Rua Direita…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s