Padre José Patrão – Quatro anos de saudade

 

PADRE JOSÉ PATRÃO – QUATRO ANOS DE SAUDADE

No dia em que se cumprem quatro anos sobre a morte física do Padre José padre patrão 4Patrão, a sua memória mantém-se viva como sempre, na lembrança de uma personalidade invulgar de quem tanto se poderia ainda esperar, na partilha dos afectos e de uma imensa sabedoria.

Creio que a melhor forma de o evocar será a da recordação de um dos inúmeros textos que deixou espalhados em diversas publicações e que seria interessante tentar recolher, organizar e publicar, como aconteceu com o seu magífico trabalho póstumo sobre a Igreja do Bonfim. Profundo conhecedor de arte sacra, entre outras modalidades do seu variado saber, as investigações pessoais sobre o património religioso da Diocese de Portalegre – Castelo Branco conduziram à divulgação de estudos, sobretudo em artigos e ensaios, para além dos volumes que escreveu.

Rebusquei, entre os seus escritos menos conhecidos, um que me parece bastante interessante. O Padre Patrão dedicou ao tema em apreço a sua atenção, tendo posteriormente desenvolvido este estudo no Guia de Visitação da Sé de Portalegre e, sobretudo, na monumental obra Portalegre – Fundação da Cidade e do Bispado – Levantamento e progresso da Catedral (2002). Terá sido na publicação hoje aqui reproduzida – o número especial do semanário O Distrito de Portalegre (de que era então director), dedicado ao Dia de Portalegre em 23 de Maio de 1969 – que o Padre Patrão divulgou publicamente pela primeira vez os seus estudos sobre uma interessantíssima questão relacionada com a rico património pictórico constante dos altares da Sé Catedral de Portalegre.

Aliás, este exemplar n.º 5125 do hoje infelizmente desaparecido jornal católico, revelou no seu conteúdo outros artigos de inegável interesse, de onde destaco dois – Tapeçaria, pelo dr. João Tavares, e Museu Municipal de Portalegre pelo prof. Manuel Inácio Pestana, que aqui partilharei oportunamente.

Por hoje, assinalando a passagem de quatro longos anos de saudade de um amigo certo e sábio, aqui ficam as duas páginas que em Maio de 1969 ele dedicou, com a sua qualidade de sempre, às Pinturas do Altar de Nossa Senhora da Luz, na Sé Catedral de Portalegre.

artigo padre patrão a

artigo padre patrão b

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s