Um lustro de saudade

padre patrão 1Era um domingo e fazia sol.

Mas o amigo já não voltaria ali, ao café, para dois dedos de conversa, para a partilha, permanente, da franqueza e da qualidade que punha em tudo aquilo que tocava.

Quando soube, mal soube, que ele morrera, corri para o seu refúgio, carregado de papéis e de recordações de uma vida cheia, local de reflexão e de partilha. Fotografava então da sua larga janela, a espaços, uma árvore que via crescer e florescer. Nesse dia já não a fotografou.

A morte é sempre certa, sempre indesejada, e causa a brutalidade de um choque em que não se acredita. Leva tempo a perceber que é para sempre. Por isso, nunca mais ouvi a sua voz, autorizada e segura, protectora e firme. Nem o seu conselho. Fazem-me falta, mas a ausência dura há cinco longos anos, que hoje mesmo se cumprem. E afinal é preciso sobreviver para garantir a memória.

padre patrão 2Amigo do seu amigo, disponível nas vinte e quatro horas do dia, e até aos serões, mesmo aos domingos e feriados, em permanência, sem folgas nem descanso. Sofria mas calava o sofrimento. Era assim o Padre José Patrão.

Deixou-nos a lembrança sem remédio, e os frutos inacabados -como os da árvore que fixava em imagens- do seu saber. Imenso saber escondido na modéstia da sua grandeza.

Convivi com ele mas não o suficiente. Ainda me faz falta, faz-me sempre a falta dos amigos seguros que vamos perdendo pelo caminho. Mas acompanha-me a lembrança do que ganhei com ele. Que não quero perder para não o atraiçoar.

Era domingo e fazia sol, nesse dia fatal de há cinco anos, em Portalegre cidade…

António Martinó de Azevedo Coutinho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s