PORTALEGRE. Deserto de lá chegar… – V

portaleserto cab

Joaquim Miranda da Silva (1950-2006), portalegrense, economista de formação, foi vereador da Câmara de Portalegre de 1979 a 1985 e deputado à Assembleia da República entre 1980 e 1986.

Em 1986 integrou o grupo de candidatos indicados pelo Partido Comunista Português para a então Comunidade Económica Europeia (CEE), vindo a ser eleito eurodeputado em Julho de 1987, nas primeiras eleições europeias realizadas em Portugal.

joaquim mirandaManteve-se como eurodeputado até Janeiro de 2004, altura em que renunciou ao mandato, sendo nessa época o eurodeputado com mais anos de permanência na instituição europeia.

O seu prematuro abandono da vida política foi motivado por doença grave que depressa o vitimaria, constituindo uma irreparável perda para a família e, também, para a comunidade portalegrense que com tanta qualidade representara.

No Parlamento Europeu ele foi vice-presidente do Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Verde Nórdica e presidente da Comissão para o Desenvolvimento e Cooperação.

A nível nacional, foi membro do Comité Central do PCP e da concelhia de Portalegre, integrando a Direcção de Organização Regional de Portalegre (DORPOR). O eurodeputado tornou-se mais tarde membro da Renovação Comunista, tendo sido um dos elementos deste Movimento mais activos no Alentejo.

Joaquim Miranda foi um intransigente e convicto defensor da entrada de Portugal na União Europeia e um profundo conhecedor da política comunitária. Por isso, tornou-se um dos mais activos e prestigiados eurodeputados portugueses, a ele se ficando a dever tomadas de posição coerentes e consequentes em defesa da agricultura nacional. Para além disso, a sua intensa intervenção internacional foi considerada bastante válida.

Numa brevíssima súmula que dá conta do seu dinamismo como eurodeputado, bastará citar a actividade desenvolvida, apenas nas sessões plenárias da 5.ª legislatura: 97 intervenções, 5 relatórios enquanto relator, 161 propostas de resolução e 51 perguntas parlamentares.

Joaquim Miranda e Júlio Miranda Calha constituem, de forma incontestável, o reduzido conjunto dos únicos parlamentares portalegrenses dignos de uma menção especial.

Tal como lembrei Luís Bacharel, e pelas mesmíssimas razões, evoco agora Joaquim Miranda. A formação deste, aliada a um permanente sentido de intervenção pública, levou-o também a divulgar testemunhos cívicos relacionados com a luta contra a desertificação portalegrense, a favor de um desenvolvimento local que estagnou, que retrocedeu, que nada garante para o futuro a curto ou médio prazo.

Algumas notas sobre o (não) desenvolvimento do Distrito de Portalegre – eis o título do artigo que Joaquim Miranda deixou publicado no número dois de A Cidade – Revista Cultural de Portalegre. Foi em Dezembro de 1981, isto é, há quase três dezenas e meia de anos, mais do que o tempo de uma geração…

Acrescente-se a circunstância de o artigo constituir a adaptação, alargada, de uma intervenção do deputado na Assembleia da República, acontecida a 21 de Fevereiro desse ano.

Anotem-se, apenas, algumas das perspectivas de (não) desenvolvimento ali focadas, como a barragem do Pisão, o Matadouro Regional, a florestação de S. Mamede, o urânio de Nisa, as termas, o triângulo turístico do Alto Alentejo, o património mais diverso, do construído ao cultural, o Hospital, as riquezas arqueológicas, o destino do Palácio Amarelo, e por aí fora… Foi há trinta e tal anos, poderia ser hoje a data destas denúncias.

Sobre este texto como sobre os de Luís Bacharel sopra um vento implacável, como o suão de Régio, dali fazendo saltar areia, densa e pesada areia, que vai cobrindo as terras, as casas e os habitantes de Portalegre e seu termo, que faz alastrar o deserto, deserto de ideais, secos, deserto de sonhos, esvaziados, deserto de riqueza, esbanjada, deserto de gente, exilada.

Aqui fica, pois, a lembrança de outro notável portalegrense e da sua voz.

deserto 0049 deserto 0050

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s