mil novecentos e sessenta e um – dia 322

1961322-sabado-nov-18

Não, o Sol ainda não voltou. As perspectivas são cada vez mais sombrias. O dia de hoje, apesar de ser sábado, foi ocupado pela ultimação de muitas tarefas destinadas a assegurar que tudo possa correr o melhor possível. Está prevista a saída para a madrugada de segunda-feira.

Só ao fim da tarde tive oportunidade para ir buscar o Diário de Lisboa que acabei de ler. Por isso, começo a revista de imprensa de hoje por este jornal.

O ministro dos Negócios Estrangeiros está convencido de que o plenário da ONU vai aprovar a resolução da Comissão contra nós. É de esperar, dado a experiência do passado.

A Índia, segundo declarações de Nehru no México, tomaria Goa em três dias. Esta é uma ameaça muito inquietante.

Tropas da ONU cercaram os congoleses autores dos recentes assassinatos. Quando acabará por ali a violência armada?

Vem no DL um artigo muito curioso que parece ter sido escrito a propósito do desabafo que aqui escrevi há dias. Credo, até parece mesmo que alguém leu aquilo!!! Pois o título é Bebe-se cada vez menos vinho em Portugal?  Começa assim: País vinícola por entranhada tradição, Portugal não é dos países onde se consome mais vinho. A França, principalmente, mas também a Itália e a Espanha, acusam maior capitação do consumo. E o artigo, depois de constatar estatisticamente que passámos de uma média de 101 litros por cabeça em 1954 para 78 litros em 1960, termina assim: Esta circunstância aparentemente pitoresca de os portugueses beberem cada vez menos é um problema muito mais sério do que parece à primeira vista. Ora, sinceramente, gostava de saber a opinião dos médicos e não dos taberneiros a este propósito!

É a altura ideal para passar à Voz Portalegrense que saiu no dia 9 e não no dia 11 como eu pensava, porque é o dia habitual.

Portanto, antes ainda das eleições, fez o seu papel. O artigo principal na primeira página tem o título Doutor Oliveira Salazar, sendo o seu conteúdo o repúdio das ofensas por este recebidas no último comunicado da Oposição. Já a Câmara Municipal, como é relatado num outro artigo, reuniu extraordinariamente para também manifestar a sua solidariedade para com o presidente do Conselho, pelo mesmo motivo. O restante da página de abertura do jornal é dedicado aos melhoramentos na Ribeira de Nisa, e ao artigo Sob a égide do NÃO, acerca do comportamento da Oposição.

Toda a Voz Portalegrense é depois preenchida com a continuação e conclusão dos textos iniciados na primeira página. Ficou justificado o facto de ter saído dois dias mais cedo, para poder ainda trazer esta propaganda toda à União Nacional.

Chegou hoje no correio a Rabeca do dia 15. Fica para amanhã, se houver vagar como espero.

E, sobre o que me interessa mais neste momento, a chuva continua a cair forte e sem parar…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s