Memórias de José Lourenço Carvalho – 03

Uma das “paixões” de José Lourenço Carvalho foi a música. Embora tocasse outros instrumentos, o seu preferido foi sempre o acordeão.

Integrou, entre outros grupos musicais então existentes em Portalegre sobretudo nas décadas de 40 a 60, a Troupe de Jazz Os Lisos, forte concorrente da Ferrugem, nos tempos em que na cidade a música atingiu grande popularidade, nomeadamente  na animação em diversas sociedades de recreio locais, Robinson, Alentejo, Euterpe, Vintém, etc…

Muitas figuras da cidade foram apreciados e talentosos executantes, dedicando à arte musical muito do seu tempo para além das mais diversas ocupações profissionais que desempenhavam. É este, precisamente, o caso de José Lourenço Carvalho.

Do seu espólio constam fotografias onde integra grupos musicais portalegrenses de outras épocas, em que se reconhecem inúmeras outras personalidades locais. É o evidente caso da primeira, onde se reconhece a figura quase patriarcal do maestro José Maria Portalete, um homem que muito fez pelo ensino da música em Portalegre.

A seguir, diversos elencos de Os Lisos recordam executantes de mérito que preencheram muitos serões com a sua arte.

Outros tempos, irrepetíveis, dos quais sobra uma terna e saudosa memória…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s