Memórias de José Lourenço Carvalho – 04

Entre o espólio fotográfico do professor José Lourenço Carvalho encontrei três curiosas imagens.

Uma delas, não personalizável, reproduz a cena constante da obra A Festa dos Aventais, da autoria de José Martins dos Santos Conde, uma edição de 1987 da Escola Secundária de São Lourenço. Pretensamente, representaria a Festa dos Aventais realizada na Portagem em 1909. O autor, cautelosamente, coloca um ponto de interrogação na sintética legenda da fotografia.

Acontece que as outras duas fotografias de José Lourenço Carvalho, arrumadas juntas, mostram um grupo de nove homens entre os quais ele próprio. O “uniforme” que envergam parece relacioná-los com um conjunto musical.

O que concede unidade ao trio de fotografias é o comum tipo de trem que nelas surge, fechado, e com tracção animal dupla.

José Lourenço Carvalho nasceu em 1915 e aparenta nas imagens estar na casa do vinte e tal anos (!?). No verso das duas fotografias personalizáveis figura o carimbo Rosiel – Trabalhos para Amadores – Portalegre. Sabendo-se que este fotógrafo apenas se fixou em Portalegre pelos anos 30, concretamente em 1934, e conjugando ambos os dados, parece lógico remeter a datação das fotografias para a segunda metade dessa década.

Se o trio das fotografias guardadas por José Lourenço Carvalho pertencer à mesma época, a dúvida de José Martins dos Santos Conde é legítima, pois a sua hipótese de datação teria de ser corrigida para quase vinte posteriores anos.

Se for possível identificar algum, ou alguns, dos fotografados, talvez a dúvida possa ser esclarecida.

Aqui fica o desafio.

One thought on “Memórias de José Lourenço Carvalho – 04

  1. Será muito difícil encontrar alguém desta época que possa ajudar a identificação dos fotografados, uma vez que as fotos foram obtidas há uns 77 anos.
    As 3 fotos parecem-me do mesmo dia e mesmo local, terão sido obtidas em data muito próxima de 1940, quando José Carvalho teria os seus 25 anos de idade.
    O local julgo ser a Portagem. Era tradição vários grupos de amigos irem para local onde houvesse muita água e sombras onde se pudessem refrescar e apanhar alguns peixes.
    Chamavam a Isto ir a uma “pescaria”.
    Era sempre a um domingo. Saiam de madrugada de Portalegre em charretes ou carroças e regressavam já pela noite fora. Cada grupo fazia o seu pic-nic.
    Havia quem levasse um acordeão que servia para um pé de dança a meio da tarde depois do almoço bem regado.
    Participei numa dessas “pescarias” pelos meus 8/9 anos de idade.
    José Carvalho, terá ali ido com a sua banda musical animar uma dessas tardes dançantes, por solicitação de algum grupo de amigos que lhes terá custeado as despesas.
    Dos 9 fotografados apenas 6 seriam os músicos por vestirem blusões iguais e calça preta. Os restantes, um deles seria o condutor da charrete e os restantes 2 acompanhantes.

    .

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s