José Cid e Augusto Vintém no Bons Sons

O Festival Bons Sons pretende ser uma plataforma da música moderna portuguesa. Amanhã terá desse desígnio um excelente pretexto com a obra carismática de José Cid 10.000 ANOS DEPOIS ENTRE VÉNUS E MARTE, no palco Lopes-Graça, pelas 23.30h. E, entre os companheiros de José Cid, estará o músico portalegrense Augusto Vintém.

Joaquim Augusto de Brito Vintém, meu amigo e antigo colega em inesquecíveis elencos docentes na saudosa Escola Cristóvão Falcão, de Portalegre, integra uma notável geração de músicos oriundos da cidade capital do Norte Alentejano.

Entre o seu valioso currículo destaca-se a fundação do Orfeão de Portalegre, iniciativa pioneira em Fevereiro de 1980, que dotou a comunidade daquela que continua a ser uma dos suas principais instituições culturais. Participa no considerado conjunto Triunphonia, em companhia de outros destacados executantes locais.

Mais recentemente, pertence ao elenco de José Cid na moderna interpretação da sua ópera de rock sinfónico 10.000 ANOS DEPOIS ENTRE VÉNUS E MARTE, uma obra essencial na nossa musicologia desde 1978, quase há quarenta anos, com influências de Mike Sergeant e Ramon Galarza.

Esta oportunidade marcará, naturalmente, a excelente qualidade e as ambiciosas intenções do Festival Bons Sons.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s