From Scotland with Love – treze

As derradeiras crónicas aqui escritas sobre a Escócia voltam a Tintin. Não ao Tintin agora a braços com um novo e inesperado problema (ou talvez não!?) mas ao Tintin na Escócia, precisamente no local mítico -a Ilha Negra– onde o conheci e há muitos, muitos, anos.

A partir de certa altura, quando também me tocou a idade consciente da razão e não apenas a dos sentimentos e afectos, ampliei o interesse pessoal pelo meu amigo, até então limitado à descrição romanesca das suas aventuras, a outra literatura -considerada mais séria e mais “culta”- sobre ele próprio e sobre o seu cronista, Hergé. Por outras palavras, para além da manutenção do fiel coleccionismo das revistas e álbuns, comecei a juntar -e ler- toda a literatura, biografias, críticas, estudos e obras enciclopédicas que abordavam tanto Tintin como Hergé, seu pai “adoptivo”.

E a verdade é que são hoje dezenas, largas dezenas, de títulos alusivos, num conjunto geometricamente crescente que hoje preenche as minhas prateleiras ou estantes literárias caseiras… Agora, a este propósito, recapitulei ou reli tais volumes dos quais seleccionei três, julgados os mais oportunos,

Aqui partilho hoje um destes, precisamente uma obra com características de guia de viagens. Trata-se de um grosso volume com 450 páginas de generoso formato, editado por Moulinsart/GeoBook em Janeiro deste ano, portanto muito recente e actualizado. Sob o título 110 Pays 7000 Idées, pretende contribuir para Bien choisir son voyage sur les traces de Tintin.

O conteúdo, a partir destes pressupostos, é óbvio, consistindo numa colectânea de 110 países (ou regiões) classificados de A a Z, contendo ainda -para além do real- fichas sobre destinos imaginários de Tintin (como o Khemed ou a Syldávia), grandes planos e descrições sobre os destinos concretos por ele visitados (Tibet, Rússia, Estados Unidos, etc.), mais de 300 fotografias, 200 mapas e 70 ilustrações retiradas dos álbuns, um planisfério com as viagens do jornalista pelo Mundo, referências sobre transportes, gastronomia, música, monumentos, folclore, sítios e por aí fora…

Desta obra aqui ficam, partilhadas com a devida vénia, capa, contracapa e as páginas relativas à Escócia.

No próximo “capítulo” continuaremos esta incursão “literária”…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s