Cenas da vida lusitana há cinquenta anos – vinte e oito

As três páginas restantes do “preâmbulo” dedicado pelo Almanaque da Plateia ao mês de Julho de 1968 foram preenchidas, proporcionalmente, a dois actores norte-americano, um famoso e outro discreto…

Jerry Lewis foi um notável comediante, argumentista, produtor, director e cantor. A sua filmografia é significativa.

Tornou-se sobretudo famoso pelas suas comédias nos palcos, em filmes, programas de rádio e TV e pelas suas músicas.

Já depois desta breve autobiografia aqui publicada, Lewis ganhou vários prémios honorários incluindo os do American Comedy Awards, The Golden Camera, Los Angeles Film Critics Association e do Festival de Veneza, além de ter duas estrelas na Calçada da Fama. Em 2005, conquistaria o Governors Award da Academia de Artes e Ciências Televisivas.

Em Fevereiro de 2009, Lewis receberia da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas um Óscar Humanitário. Faleceu em Agosto do passado ano.

Em contrapartida, Woodrow Wilson Woolwine, “Woody” Strode, foi um razoável atleta do decatlo e do futebol americano, sendo um dos primeiros negros americanos a tornar-se actor. No seio de uma discreta carreira, foi nomeado para um Globo de Ouro para “Melhor Actor Secundário” pelo seu papel no filme Spartacus, em 1960.

Morreu nos finais de 1994.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s