A Grande Guerra por quem a viveu

O novo livro do historiador portalegrense, António Ventura, “A Grande Guerra por quem a viveu – 36 Testemunhos Portugueses” de Temas e Debates / Círculo de Leitores, acabou de ser colocado à venda nas livrarias.

Publicado no âmbito do Centenário da I Grande Guerra, o livro reúne 36 autores que são abordados com notas biográficas e excertos daquilo que escreveram sobre a sua experiência nas frentes de combate em que Portugal esteve envolvido.

A selecção dos depoimentos obedeceu a duas preocupações principais: manter um certo equilíbrio entre autores consagrados, alguns dos quais ganharam créditos no panorama literário nacional, como Jaime Cortesão, Augusto Casimiro, André Brun e Carlos Selvagem, a par de outros que permaneceram praticamente esquecidos, e cuja bibliografia se limitou à obra que escreveram sobre a sua experiência de guerra. Procurámos contemplar as três frentes de combate -Europa, Angola e Moçambique-, com as suas especificidades. Privilegiámos a transmissão da experiência vivida, o medo e a coragem, o desespero e a esperança, o humor e o drama.

Sentimentos e sensações mescladas, numa experiência única vivida durante o maior drama que a humanidade conheceu até então, e que se julgava que jamais se repetiria, dada a sua dimensão apocalíptica. Vãs esperanças. Vinte anos depois, novo conflito iria eclodir, ainda mais sangrento e destruidor, como que a demonstrar que o Homem persiste em não aprender com os erros cometidos“.

Em declarações à Rádio Portalegre, António Ventura referiu que a maior dificuldade com que se deparou foi “a escolha dos testemunhos”, que “são numerosos”, uma vez que “ainda a guerra não tinha acabado e já começavam a aparecer livros escritos por portugueses que participaram no conflito”.

Doutor em História Contemporânea, Professor catedrático do Departamento de História da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Académico de Número da Academia Portuguesa da História, António Ventura é autor de uma vasta bibliografia sobre História Contemporânea, com mais de 300 trabalhos publicados.

Colaborou em diversas publicações periódicas nacionais e estrangeiras, fez conferências e participou em congressos científicos em Espanha, França, Itália, Suíça, Estados Unidos da América, Canadá, Macau e China.

Parabéns ao amigo e companheiro de muitas e saudosas aventuras culturais portalegrenses, por mais esta obra.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s