tocata por portalegre

Em Portalegre, cidade
Do Norte Alentejo, cercada
De ócios, ódios, anedotas, calúnias e mal-estar,
Morei numa rua caiada,
Antiga, estreita, pobre e tosca,
Da qual não sei já contar
Se lhe sobrou alguma mosca…

Cheia dos bons e maus cheiros
Das ruas que têm passado
Com sarjetas entupidas, apagados candeeiros
E o ar de fumo queimado,
Das nobres e queridas gentes
Guardo a lembrança entrementes.

E do escuro nos recantos
Às luzes do claro largo,
Co’ a malta e os seus encantos
Do mais doce ao mais amargo,
Ai que saudades, meu Deus,
De Régio e de mais os seus…

Serras deitadas nas nuvens,
Entre o ócio e o estupor,
Que a evasão me console
Da raiva que não tem cor.
Campos secos de tom mate,
À míngua de não chover,
E que a minh’alma se escape,
Como puder,
Desse deserto a morrer.

Ora aqui e agora
Onde sopra do mar o vento
Que enche os ares da lembrança
Que faz arder a memória
E me atira, em desalento,
Doutros tempos essa história
De que já perdi a esperança…
Que me resta como intento?

Aqui nem tenho varanda
E se acaso a tivera
Que me valera?
Faltam-me a serra e os montes
E essa vista por onde anda?
Só ondas, ventos do mar
E a dor de não mais amar
A minha terra e as fontes
Ruas gentes sol luar…

Não há craveiros nem acácia
Nem plátanos ou rossio
Com sementes por florir.
Em volta só mar aberto
Quer sereno ou a bramir
Imenso, verde e vazio
Já azul quando mais perto,
Não há campos como véus
Salpicados de oliveiras
E as nuvens deitadas nos céus
Nem parecem verdadeiras.

De Portalegre, contida
No Norte Alentejo e cercada,
Pesam-me densas memórias
Da vida por lá passada
E perdida
Ou sonhada?
Alojamentos locais
Do amor e da amizade
E agora histórias
Banais…

Restam-me dor e saudade
Pouco mais.

António (e que Régio me valha…)

PORTALEGRE VISITA GUIADA – obra disponível on line

“PORTALEGRE – VISITA GUIADA”, de Domingos Bucho e fotografia de Raul Ladeira, disponível online no site da Câmara Municipal de Portalegre

Depois da apresentação pública do livro “PORTALEGRE – VISITA GUIADA”, com autoria de Domingos Bucho e fotografia de Raul Ladeira, no dia 19 de Maio de 2019, no Centro de Congressos da Câmara Municipal de Portalegre, esta obra fica agora disponível online, numa edição em português e inglês, na seguinte ligação:

http://www.cm-portalegre.pt/pt/turismo/publicacoes

O que faz de Portalegre uma terra de encantos, além de uma cidade alentejana “cercada de serras, ventos, penhascos, oliveiras e sobreiros”, como a descrevia José Régio?

É o que se desvenda nesta “Visita Guiada”. Enquadrada pelo Castelo, as “torres da velha Sé”, as chaminés da corticeira Robinson, os passeios públicos e o casario do Centro Histórico, de que sobressai um notável conjunto de casas solarengas, a cidade estende-se nas faldas da Serra de S. Mamede.

Este é um convite para visitar e conhecer a cidade e o concelho de Portalegre: a sua história, o património, os recursos paisagísticos e as gentes, sendo, por isso, uma importante ferramenta de apoio ao turista que nos visita.

Esta obra é uma edição da Câmara Municipal de Portalegre.

NOTA – Para além do seu recente e notável lançamento, anuncia-se a pronta disponibilidade da obra, que assim pode ser apreciada e utilizada por todos os interessados. A autarquia portalegrense merece um justo aplauso pela iniciativa.