e vão cinco!

Quatro anos depois da minha primeira Corrida da Praia Norte, em Peniche, confirmou-se o encontro de amigos. Acho que é, de longe, o mais importante, já que cumprir o percurso se tornou apenas tradição.

Meteorologicamente tudo ajudou, sem sol e sem vento, pois o piso nem por isso, às vezes areia solta, outras vezes encharcada… Enfim, tudo faz parte do cenário.

O que não muda é o companheirismo, precisamente o que dá sentido à vida.

Ontem estivemos juntos a treinar, hoje a correr, amanhã de volta ao treino. Um dia de cada vez, precisamente a minha actual e predilecta filosofia de vida.

Obrigado, amigos!